produção

A produção cresceu e o emprego na indústria brasileira parou de cair. Essa é uma das conclusões da pesquisa Sondagem Industrial, divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

O indicador de evolução da produção alcançou 52,6 pontos em outubro. Como ficou acima de 50 pontos, o índice mostra crescimento da produção industrial na passagem de setembro para outubro, diferentemente do que tinha ocorrido nos últimos dois anos.

O indicador de emprego no setor subiu para 49,7 pontos, o maior valor desde novembro de 2013, mostrando que a indústria manteve o número de trabalhadores em outubro. Os indicadores da pesquisa variam de zero a cem pontos. Quando ficam acima de 50 pontos mostram aumento da produção e do emprego.

Os estoques voltaram ao patamar planejado pelos empresários e o nível de utilização da capacidade instalada aumentou 1 ponto percentual em relação a setembro e ficou em 67% em outubro.

Mesmo com a elevada ociosidade, a disposição dos empresários para investir continua crescendo. O indicador de intenção de investimentos subiu para 50,6 pontos em outubro. Foi o quinto mês consecutivo sem queda no índice que alcançou, em outubro, o maior valor desde fevereiro de 2015. O indicador varia de zero a cem pontos. Quanto maior o índice maior é a intenção de investimento dos empresários.

Foto: Agência Brasil

Comentários

Melhore sua saúde financeira e tenha uma vida melhor