Em 2016, a plataforma consumidor.gov.br, que integra o banco de dados do Procon (Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor) registrou 2,7 milhões de reclamações de consumidores no Brasil. A página é ligada ao Ministério da Justiça.

Sozinha, a página consumidor.gov.br registrou 288.605 mil reclamações de consumidores no ano passado, com índice médio de solução de 80% e prazo médio de resposta de 6 dias. Já os Procons integrados ao Sindec (Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor) realizaram 2,4 milhões de atendimentos em 2016, com índice médio de solução de 78%.

Para o o diretor do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor do Ministério da Justiça, André Luiz Lopes dos Santos, os números são positivos. “O consumidor buscar seus direitos e encontrar canais para isso, sem precisar recorrer ao judiciário, nos parece um avanço muito importante”, disse.


O conteúdo completo é exclusivo para usuários do plano Gratuito e Standard.
Login Registre-se


Comentários

Saiba mais sobre e-learning