MEIs

Em fevereiro, surgiram 158.038 microempreendedores individuais (MEIs) surgiram no país. O número é 14,4% maior que no mesmo período do ano passado, quando 138.187 novas empresas desse segmento nasceram. O total do segundo mês deste ano é maior desde o início da série histórica, em 2010. Os dados são do indicador da Serasa Experian.

A representatividade dos MEIs também aumentou. Em fevereiro, eles representaram 82,5% do total de 191.498 novas empresas constituídas. Em 2010, esse percentual era de 46,1%.

De janeiro a fevereiro deste ano, 338.184 microempreendedores individuais (MEIs) surgiram no país, 84,2% do total de 401.633 novas empresas.

Números para além dos MEIs

As Sociedades Limitadas registraram a criação de 13.712 novos negócios em fevereiro, representando queda de 0,6% em relação ao mesmo período do ano passado, quando 13.797 empresas desta natureza surgiram.

O nascimento de Empresas Individuais caiu 31,5%, com um total de 9.579 novos negócios em fevereiro/2018, contra 13.984 nascimentos fevereiro de 2017.

O nascimento de novas empresas de outras naturezas teve queda de 1,8%, com 10.169 novos negócios, contra 10.351 em fevereiro de 2017.

No bimestre, foram 25.959 sociedades limitadas, 18.301 empresas individuais e 19.189 empresas de outras naturezas.

Nascimentos de empresas por setor

O setor de serviços continua sendo o mais procurado por quem quer empreender: em fevereiro de 2018, 126.832 novas empresas surgiram neste segmento, o equivalente a 66,2% do total de nascimentos. Os novos comércios totalizaram 48.971 (25,6% do total) e, no setor industrial, foram abertas 15.101 empresas (7,9% do total).

Nos últimos oito anos, foi registrado um crescimento constante na participação das empresas de serviços no total de empresas que nascem no país, passando de 53,6% (fevereiro de 2010) para 66,2% (fevereiro de 2018).

Já a participação do setor comercial de empresas que surgem no país tem recuado (de 34,6%, em 2010, para 25,6% em 2018). A participação das novas empresas industriais também caiu de 8,8% em 2010 para 7,9% em 2018).

Foto: Agência Brasil

Comentários

Conheça a Humantech